Show simple item record

Artigo de periódico

A terceirização e a responsabilidade objetiva do tomador de serviços

dc.contributor.authorSantos Júnior, Rubens Fernando Clamer dos
dc.contributor.authorJesus, Marcelo Armigliatto de
dc.date.accessioned2021-08-07T02:00:54Z
dc.date.available2021-08-07T02:00:54Z
dc.date.issued2019-01
dc.identifier.citationSANTOS JÚNIOR, Rubens Fernando Clamer dos; JESUS, Marcelo Armigliatto de. A terceirização e a responsabilidade objetiva do tomador de serviços. Revista Fórum justiça do trabalho, Belo Horizonte, ano 36, n. 421, p. 11-23, jan. 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12178/191354
dc.description.abstract[por] Analisa a possibilidade de inclusão do tomador de serviços apenas na fase de execução, em face da recente regulamentação do trabalho terceirizado pela Lei nº 13.429/17 e pelo julgamento da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) n. 324, pelo STF, que tratou da ampliação da terceirização. Com base na alteração legislativa, pretende-se tecer breves considerações sobre uma possível mudança no entendimento consubstanciado na Súmula nº 331, IV, do TST, que condiciona a responsabilidade subsidiária do tomador de serviços à sua participação na relação processual e à sua prévia presença no título executivo.pt_BR
dc.description.abstract[eng] The aim of this essay is to analyze the possibility of inclusion of the contracting party only in the implementation process, in light of the recent regulation of outsourced work according to Law n. 13.429/17 and to the judgment of Claims of Non-Compliance with a Fundamental Precept (CNCFP) n. 324, by the Supreme Federal Court (SFC), that dealt with the amplification of outsourcing. Based on the legislative alteration, the present study intends to comment briefly on a likely shift in the understanding consubstantiated in the Precedent n. 331, IV, of the Superior Labor Court (SLC), that subjects the subsidiary responsibility of the contracting party to its participation in the procedural relationship and to its previous presence in the enforcement title.pt_BR
dc.description.tableofcontentsO acesso ao crédito alimentar trabalhista como direito fundamental -- A terceirização e o princípio da reparação integral -- A relativização da coisa julgada frente aos princípios da função social do trabalhopt_BR
dc.relation.ispartofRevista Fórum justiça do trabalho: ano 36, n. 421 (jan. 2019)pt_BR
dc.subjectExecução fiscal, legislação, Brasilpt_BR
dc.subjectExecução trabalhista, Brasilpt_BR
dc.subjectLacuna do direito, Brasilpt_BR
dc.subjectResponsabilidade subsidiária, Brasilpt_BR
dc.subjectTerceirização, Brasilpt_BR
dc.titleA terceirização e a responsabilidade objetiva do tomador de serviçospt_BR
dc.type.genreArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.rvbisys1145436
dc.relation.ispartoflinkhttps://hdl.handle.net/20.500.12178/163723pt_BR

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record