Show simple item record

Artigo de periódico

O teletrabalho e o controle do trabalhador à distância

dc.contributor.authorLucena, João Paulo
dc.date.accessioned2016-03-17T21:08:04Z
dc.date.available2016-03-17T21:08:04Z
dc.date.issued2015-12
dc.identifier.citationLUCENA, João Paulo. O teletrabalho e o controle do trabalhador à distância = The telework and the control of the worker from distance. Revista eletrônica: acórdãos, sentenças, ementas, artigos e informações, Porto Alegre, v. 11, n. 187, p. 50-64, dez. 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12178/81744
dc.descriptionApresenta quadro sobre as vantagens e as desvantagens do teletrabalho para o trabalhador, para o empregador/tomador do serviço, e para a sociedadept_BR
dc.description.abstract[por] O teletrabalho ainda é modalidade recente de organização do labor em termos históricos, sendo impulsionado pelos avanços da telemática e da tecnologia de mobilidade e remanescendo dúvidas quanto à forma em que deve ser prestado e controlado. O sistema à distância potencializa a inclusão de mão de obra no mercado local e internacional, diminui custos e amplia a liberdade do indivíduo. Já a pulverização dos trabalhadores precariza as relações de trabalho, enfraquece a organização coletiva, dificulta o controle da saúde laboral e possibilita a formação de uma cyber classe proletária global. O fato de ser externo e prestado à distância não exclui do teletrabalho a possibilidade de existência de subordinação, vínculo de emprego e de meios para fixação e controle de jornada. Cumpre ao Direito Laboral estabelecer a disciplina jurídica para que sejam preservadas as garantias e conquistas dos trabalhadores como o direito ao tratamento digno, remuneração compatível, descansos e limitação de jornada, saúde, intimidade, desconexão dos meios telemáticos, descanso e lazer.pt_BR
dc.description.abstract[eng] Telework is still a new modality of labor organization in historical terms, being driven by advances in telematics and mobile technology, but having remained concerns about the manner in which it should be provided and controlled. The distance work system enhances the inclusion of the local and international market skilled labor, reduces costs and increases the freedom of the individual. On the other hand, the workers pulverization leads to precarious labor relations, weakens the collective organization, makes it difficult to control occupational health and enables the formation of a global cyber proletarian class. For telework is outside the workplace and provided from distance, it does not mean it excludes the possibility of subordination, employment bond and means for setting and controlling working journey existance. The Labour Law has to carry out the establishing of legal regulation so that the workers’ guarantees and achievements are preserved, such as the right to decent treatment, compatible remuneration, rest and journey limitation, health, privacy, disconnection of telematics, rest and recreation periods.pt_BR
dc.description.tableofcontentsTecnologia, mobilidade e teletrabalho -- Vantagens e desvantagens do teletrabalho: promessas cumpridas? -- A subordinação no teletrabalho e os meios de controle do empregado à distância -- O teletrabalho no Brasil: aspectos legais e jurídicospt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofRevista eletrônica: acórdãos, sentenças, ementas, artigos e informações: vol. 11, n. 187 (dez. 2015)pt_BR
dc.subjectHora extra, Brasilpt_BR
dc.subjectJornada de trabalho, controle, análise, Brasilpt_BR
dc.subjectTeletrabalho, Brasilpt_BR
dc.subjectTrabalho em domicílio, Brasilpt_BR
dc.titleO teletrabalho e o controle do trabalhador à distânciapt_BR
dc.title.alternativeThe telework and the control of the worker from distancept_BR
dc.type.genreArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.rvbisys1057485
dc.relation.ispartoflinkhttps://hdl.handle.net/20.500.12178/80153pt_BR

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record