Show simple item record

Resolução Administrativa - RA

Resolução Administrativa n. 333, de 28 de novembro de 1996

dc.contributor.authorBrasil. Tribunal Superior do Trabalho (TST)
dc.contributor.otherBrasil. Tribunal Superior do Trabalho (TST). Diretoria-Geral de Coordenação Judiciária (DGCJ)pt_BR
dc.contributor.otherBrasil. Tribunal Superior do Trabalho (TST). Órgão Especialpt_BR
dc.contributor.otherBrasil. Tribunal Superior do Trabalho (TST). Secretaria do Tribunal Pleno (SETP)pt_BR
dc.date.accessioned2014-04-15T20:49:13Z
dc.date.available2014-04-15T20:49:13Z
dc.date.created1996-11-28
dc.date.issued1996-12-11
dc.identifier.citationBRASIL. Tribunal Superior do Trabalho. Resolução Administrativa n. 333, de 28 de novembro de 1996. Diário da Justiça [da] República Federativa do Brasil: seção 1, Brasília, DF, p. 49874, 11 dez. 1996.pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12178/38559
dc.description.abstractEstabelece a exigência de declaração firmada pelo nomeado de inacumulabilidade de cargos para a efetivação da posse no cargo de Ministro e Juiz Classista.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectInspeção médicapt_BR
dc.subjectAcumulação de cargospt_BR
dc.subjectDeclaraçãopt_BR
dc.subjectPossept_BR
dc.subjectJuiz classistapt_BR
dc.subjectMinistropt_BR
dc.subjectBrasil. Tribunal Superior do Trabalho (TST)pt_BR
dc.titleResolução Administrativa n. 333, de 28 de novembro de 1996pt_BR
dc.type.atoResolução Administrativa - RApt_BR
dc.identifier.number333
dc.identifier.yearandnumber199600333

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record