Show simple item record

Artigo de periódico

A ordem jurídica trabalhista e a Constituição federal de 1988: reflexões sobre o desmonte de direitos sociais à luz da teoria da eficácia dos direitos fundamentais

dc.contributor.authorCosta, Diego Carneiro
dc.contributor.authorCunha, Leandro Reinaldo da
dc.date.accessioned2020-08-06T16:04:50Z
dc.date.available2020-08-06T16:04:50Z
dc.date.issued2020-03
dc.identifier.citationCOSTA, Diego Carneiro; CUNHA, Leandro Reinaldo da. A ordem jurídica trabalhista e a Constituição federal de 1988: reflexões sobre o desmonte de direitos sociais à luz da teoria da eficácia dos direitos fundamentais = The labor legal order and the Federal Constitution of 1988: reflections on the disassembly of social rights in the light of the theory of effectiveness of fundamental rights. Revista do Tribunal Superior do Trabalho, São Paulo, v. 86, n. 1, p. 71-88, jan./mar. 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12178/175670
dc.description.abstract[por] Analisa o cenário jurídico trabalhista após as reformas promovidas pelo legislador pátrio sob a ótica do direito constitucional, notadamente à luz da teoria da eficácia dos direitos fundamentais. Defende-se neste trabalho a ideia de que as mudanças ocorridas no paradigma juslaboral por meio de legislação infraconstitucional não podem ser interpretadas de forma isolada, já que o Direito do Trabalho está inserido num sistema aberto de regras e princípios, constituído, inicialmente, pela própria Constituição Federal de 1988. Utilizar-se-á o método hipotético-dedutivo, através da revisão bibliográfica, como forma de delimitar o problema e compreender adequadamente o cenário social existente.pt_BR
dc.description.abstract[eng] The article proposes to analyze the labor legal scenario after the reforms promoted by the national legislator from the perspective of constitutional law, notably in the light of the theory of the effectiveness of fundamental rights. This paper defends the idea that changes in the juslaboral paradigm through infraconstitutional legislation cannot be interpreted in isolation, since Labor Law is inserted in an open system of rules and principles, initially constituted by Federal Constitution of 1988. The hypothetical-deductive method, through literature review, will be used as a way of delimiting the problem and adequately understanding the existing social scenario.pt_BR
dc.description.tableofcontentsA racionalidade neoliberal e o desmonte de direitos trabalhistas -- A ordem constitucional trabalhista no Brasil: direitos trabalhistas como cláusulas pétreas, o princípio da proteção e da vedação ao retrocesso social -- Direitos trabalhistas como direitos fundamentais: a vinculação do legislador pátrio aos direitos sociais previstos constitucionalmente -- Direitos trabalhistas como direitos fundamentais: o princípio da proporcionalidade como parâmetro para limitação dos direitos sociais trabalhistaspt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.ispartofRevista do Tribunal Superior do Trabalho: vol. 86, n. 1 (jan./mar. 2020)pt_BR
dc.subjectDireito do trabalho, aspectos constitucionais, Brasilpt_BR
dc.subjectDireitos e garantias individuais, Brasilpt_BR
dc.subjectPrincípio da proteção, Brasilpt_BR
dc.subjectPrincípio da proibição do retrocesso social, Brasilpt_BR
dc.subjectReforma trabalhista, Brasilpt_BR
dc.titleA ordem jurídica trabalhista e a Constituição federal de 1988: reflexões sobre o desmonte de direitos sociais à luz da teoria da eficácia dos direitos fundamentaispt_BR
dc.title.alternativeThe labor legal order and the Federal Constitution of 1988: reflections on the disassembly of social rights in the light of the theory of effectiveness of fundamental rightspt_BR
dc.type.genreArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.rvbisys1174104
dc.relation.ispartoflinkhttps://hdl.handle.net/20.500.12178/175590pt_BR

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record