Acesso rápido

A coleção Produção Intelectual de Ministros do Tribunal Superior do Trabalho possui todos os seus conteúdos disponíveis publicamente e, por estarem amplamente acessíveis, proporcionam maior visibilidade e impacto da produção acadêmica dos ministros da Corte.

Para adequação à legislação de direitos autorais, os magistrados interessados em ter seus artigos, teses e monografias incluídos na JusLaboris devem autorizar a publicação através de termo próprio, de acordo com o Ato n. 520/CDOC.SEJUD.GP, de 4 de novembro de 2010.

A JusLaboris disponibiliza a obra, gratuitamente, de acordo com a licença pública CREATIVE COMMONSAtribuição - Uso Não Comercial – Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil. Tal licença permite copiar, distribuir, exibir, executar a obra e criar obras derivadas, sob as seguintes condições: sempre dar crédito ao autor original, não utilizar a obra com finalidades comerciais e, na criação de obras derivadas, compartilhar sob a mesma licença.

Assim, os trabalhos acadêmicos que tiveram, de qualquer forma, seus direitos autorais cedidos a terceiros, não poderão ser disponibilizados na JusLaboris.

Procedimentos a serem adotados:

Encaminhar, via e-mail, o(s) arquivo(s) digital(ais) no formato ODT, DOCX, DOC ou PDF, acompanhado(s) por Termo de Autorização preenchido, assinado pelo autor e convertido em PDF.

Os arquivos não devem possuir restrições por senha ou conterem qualquer tipo de criptografia, de forma a permitir que os mecanismos de busca, incluindo a JusLaboris, possam indexar o seu texto integralmente.

Para trabalhos com mais de um autor, deverá ser encaminhado termo assinado por cada um dos autores.


Termo de Autorização para Publicação na JusLaboris (para cada texto enviado)

Para mais informações, entre em contato pelo telefone (61) 3043-4236 ou pelo e-mail: biblioatendimento@tst.jus.br

E-mail para envio de trabalhos e termos de autorização: bibliodigital@tst.jus.br

Os conteúdos aqui disponíveis são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do TST.




Sobre as Licenças Creative Commons

Últimas publicações

... Ver mais